.missão impossível 312: no rules.

Publicado: 20 de janeiro de 2010 em Uncategorized

.sinceramente…é nessas horas que ser homem me parece bem mais vantajoso. MULHER COMPLICA TUDO. às vezes cansa. negoço de TPM e crise de mulherzinha é um saco, e, apesar de não querermos encarar os fatos, nenhuma mulher está livre. é beibe. nessas horas, só muita paciência. acabamos nos tornando nosso maior inimigo. por que colocamos obstáculos e problemas em tudo. vemos cabelo em ovo. piramos sozinhas, e, se pararmos para pensar racionalmente, sem motivos concretos. sabe quando a gente não sabe como agir? o que pensar? o que quer? o que sente? quando todo o nosso passado só serve para nos atrapalhar ao invés de nos ensinar algo? nesse jogo não há regras. por isso, não se pode reclamar, dizer que tá errado nem, muito menor, seguir qualquer manual de instrução. ai..eu que sempre tive horror em ler manuais, confesso que ando precisando de um desses pra salvar minha vida! por que a gente acaba criando nossas próprias regras e, sem nem mesmo sentir ou pensar, as infringimos com a maior cara de pau. sinceramente, cansei de tentar entender as coisas. de tentar entender esse jogo maluco e sem sentido.  paranóias, paranóica. o sistema entra literalmente em pane. mais uma vez, não aprendo e me desestabilizo. tudo que eu queria fazer era deixar as coisas serem naturalmente normais. não pensar. mas será que isso é possível? a gente finge que é e ponto.

“I won’t hesitate no more, no more  
It cannot wait, I’m sure  
There’s no need to complicate, our time is short…”  
Anúncios
comentários
  1. Gisa Carvalho disse:

    Mel, mais um pouco e acho que vamos precisar anexar nossos blogs…. Hehehehhehe

    O que poderia, eu, falar de pessoas complicadas, se sou eu a pessoa mais chata que existe? As vezes nem eu me aguento.. e quando penso que tive um namorado por 5 anos, que me aguentou e me amava apesar de todos os meus escândalos, minhas crises, chega uma hora em que tenho vontade de pedir a ele o meu manual… jijijijiji

    Engraçado como estamos sentindo coisas tão parecidas…

  2. Kami disse:

    e essa nossa mania de ficar pensando a mil por hora, pensando até no que não aconteceu, no que é sentido e não sentido, no que é fato e no que é imaginação…realmente, queria por uns instantes só enxergar o que aparece na frente do nariz e não ficar vasculhando o subjetivo…;~

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s