histórias de bar

Publicado: 20 de julho de 2011 em Uncategorized

ele apareceu do nada. bêbado, fedido e rasgado como tantos outros andarilhos dessa cidade. o sotaque tinha um esse puxado como o de um carioca que se perdeu por terras nordestinas. o velho senhor desdentado era poeta e vendia versos para sobreviver,  como uma mãe que vende os filhos. “isso não se faz”.

– três reais.

muito caro. ninguém aceita. ” e quanto vale uma poesia? e um filho, quanto vale?”

– sabe qual o melhor remédio pra tristeza? uma boa trepada – ele diz sem pudor – faz bem pra pele, pra cabeça, pro corpo todo. se você ver alguém com um sorriso inesperado, pode crer que ele fez. façam. façam mesmo! é bom demais!

todos riram e concordaram. e não é que o louco tinha mesmo razão? eu olhava nos olhos dele. ele me encarava de volta.

– que lindos olhos!

– obrigada.

– eu que agradeço tanta beleza.

sorri, sem graça. ele segurou minha mão e a apertou firme. tirou os óculos e olhou através de mim.

– você está apaixonada.

calei.

– você está apaixonada. e pode até negar pra mim, mas pra você mesma não. com o tempo, a gente aprende a ver certas coisas. você está apaixonada.

tentei proferir uma negativa, mas como eu podia, se nem tinha certeza que sim ou que não. nem pra ele, nem pra mim, porque simplesmente eu não sabia. meu coração sim. esse deveria saber a resposta, mas teimava em se comunicar com sinais que minha mente, desordenada, não entendia. ou não queria entender. engasguei.

soltou minha mão e se foi do bar com um sorriso. “minha vida é andar por esse país…” cantarolava.

– boa sorte! – desejei com verdade.

“boa sorte. boa sorte para nós dois.”

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s