.remédio pra doido.

Publicado: 22 de janeiro de 2010 em Uncategorized

.hoje me dei conta de que estou escrevendo compulsivamente. será mau sinal? maybe. sei que nunca postei tanto na vida e, geralmente isso acontece quanto os parafusos não estão lá essas coisas todas. enfim, não resisti novamente.

.senti uma vontade imensa de mudar algumas coisas. de estreitar laços, falar coisas antes não ditas, me apegar a algo, fazer coisas impensadas, cantar músicas nonsense, dançar, sair pra qualquer lugar, esquecer quem sou eu, de onde vim, e onde irei parar. deu uma vontade daquelas de virar a vida do avesso pra ver se, de repente, que nem televisão velha que a gente dá umas pancadas, as coisas vão para o lugar, e tudo volta a funcionar.

.houve uns momentos em que eu pensei que estava ficando meio maluca. (acho que todos temos esse momento, ou não? – vish!). não importa. sempre tem uma primeira vez para tudo. o problema é que eu descobri que no manual de convivência com um doido só tem dois passos. 1- Nunca contrarie um doido. 2- no caso de não seguimento do passo anterior o negócio é o seguinte: remédio para um doido é um doido mais doido ainda. se é que vossas senhorias me entendem. eu até tento o primeiro passo, só que a minha paciência é menor que anão de circo e eu acabo chegando no número 2. até que funciona, o problema (efeito colateral, como queiram), é que você pode se tornar o próximo doido da praça. não que ser doido não tenha suas vantagens, mas eu sempre achei mais seguro conservar um pouco de sanidade.

.alguém pode me dizer por que o tamanho dos meus parágrafos vai aumentando com o tempo? na verdade…acho que não estou seguindo nenhuma norma linguística, apenas as normas de uma  discreta falta de sentido. ora bolas. quem faz as regras desse negócio aqui sou eu. e eu não estou enrolando e não vou terminar por aqui. estou pensando ainda. hm…falando em loucura…amanhã farei uma pequena loucura. quem sabe…uma por dia, não cure esse meu excesso de “seriedade”? é. entre aspas mesmo. só pra contrariar eu vo deixar esse parágrafo menor. peixos.

“A arte de ser louco é jamais cometer a loucura de ser um sujeito normal” (raulzito)

“Creio que quase sempre é preciso um golpe de loucura para se construir um destino” (Marguerite)

“A loucura é vizinha da mais cruel sensatez. Engulo a loucura porque ela me alucina calmamente.” (clarice)

“Oh, não se pode evitar”, disse o Gato, “todos são loucos por aqui. Eu sou louco. Você é louca.”“Como sabe que eu sou louca?” indagou Alice.“Você deve ser”, respondeu o Gato, “ou então não teriavindo aqui.”Alice não achou que isso comprovava nada; todaviacontinuou: “E como você sabe que é louco?”“Para começar”, disse o Gato, “um cachorro não é louco.Concorda?”“Acho que sim”, respondeu Alice.“Bem”, prosseguiu o Gato, “você vê um cão rosnar quandoestá bravo, e abanar o rabo quando está feliz. Agora, eu rosnoquando estou feliz e balanço o rabo quando estou bravo. Logo,sou louco.”  (alice e o gato)

“A loucura mora tão perto que sinto o cheiro do seu feijão. bastaria tocar a campainha e ela me deixaria entrar, sentar no seu sofá, dormir na sua cama, ler o seu jornal” (martinha)

 

.agora sim, fico por aqui.

ps.: lembrei de um post antigo…

https://mondedamelie.wordpress.com/2009/10/01/vontade-de-mundo/

Anúncios
comentários
  1. Gisa Carvalho disse:

    Eu sempre fui chamada de doida… Quem consegue uma boa convivencia comigo consegue lidar com todo tipo de doido. kkkkkkk

    Engraçado, meu blog tinha ficado esquecido por uns tempos, mas assim como vc, ultimamente venho escrevendo muito.. São as sensações que estão à flor da pele, as emoções que tentam saltar do coração e pra isso estamos usando as palavras. E quando tem alguém pra ler e compartilhar com a gente, melhor ainda.. =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s